domingo, setembro 9

Coisas simples

O Luis Novaes Tito deu por ele lá na sua barbearia, surpreendido por ter escrito um post sobre uma frigideira acabada de comprar numa feira de Lisboa. Caro Luis, até me deixa um pouco constrangida. Então que direi eu que já escrevi sobre plantas, frutas, postais ilustrados de meninas em bikini, o quadro do menino a chorar, o Chefe Grissom do CSI Las Vegas, viagens imaginárias, homens com ramos de flores, estações de serviço fora de horas, o penteado de Fátima Felgueiras, bibliotecárias de antigamente, fins de tarde, e até sobre sacos. ?
Diga lá se não é bom escrever sobre coisas "simples, muitas vezes tão simples, coisas que nos dão uma satisfação imensa"? Há alguma coisa de errado em escrever essa "frigideira bem composta com uma carne de porco com amêijoas e imaginar o gozo que vai dar fazer o refogado, fritar a carne, abrir as conchas e juntar as batatas fritas em cubos."?
Seja pois bem-vindo à escrita das coisas da vida, as boas, as menos boas e as que nos doem cá do fundo.
Pode ser que me surja alguma coisa quando lá for comprar um vaso no final da tarde. Senão, escrevo sobre shampôs e amaciadores, que é um tema como outro qualquer. Afinal, à semelhança do comando de televisão, quem manda no meu blog sou eu.

6 Comments:

Blogger LNT said...

A questão, cara vizinha, é que escrever sobre coisas simples é simples para quem sabe escrever como V. Exª.

Sabendo escrever sobre frigideiras e, na sequência, sobre acidentes culinários como hoje aconteceu, foi uma estreia para mim, em que certamente só me aventurei por ser seu leitor assíduo e admirador da sua capacidade de provocar sentimentos mais rebuscados com relatos que só alguns, como V.ex., têm o dom de conseguir.

Vou treinando, Miss Pearls.
Vou treinando e aprendendo com a sua arte e bom gosto.

Boa feira e bom vaso.

7:47 da tarde  
Blogger LNT said...

E já agora sobre o comando da TV.

Cá em casa moram três mulheres e eu próprio. Como pode imaginar, o acesso ao comando da TV está-me vedado, o que é lamentável, muito lamentável, mas é a triste vida das minorias.

7:50 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

o problema é quando só se escreve sobre banalidades porque o arcaboiço não dá para mais...

12:19 da tarde  
Blogger MissPearls said...

Caro anónimo,
Sei que é escreve isto com intenção de me insultar mas digo-lhe que era escusado: estou fartinha de dizer isso. Que não só escrevo sobre o que sei. Que como diz, não tenho "arcaboiço para mais".
Já me tentei atirar várias vezes da janela ou cortar as veias mas nunca tive coragem.
Como vê, só tenho mesmo coragem e lábia para escrever estas futilidades com o meu nome.
O que já não me parece mal, em vez de andar a vomitar insultos anónimos e soezes por blogs alheios sem dar o nome. Um valentão? Um valentona?
Cada um escreve o que quer e a mais não é obrigada.
faça um favor e vá pastar para casa ou para outra freguesia. Ou para o raio que o parta.

2:33 da tarde  
Blogger MissPearls said...

Luis,
Achei muito bem o post. A sério.
Isso do comando não tem nada de democrático pois não? Como o percebo.
Eu mando nele... quando o encontro. Aquilo está sempre a desaparecer:)

2:35 da tarde  
Blogger Once In a While said...

.. e correndo o risco de repetir o que já foi escrito (antes isso que me calar .. ) :) escrever sobre coisas simples com a mestria com que o faz Miss Pearls .. dá-nos a nós leitores a deliciosa sensação de que afinal .. é simples *

Beijinho

5:19 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker