quinta-feira, março 1

Dona Fátima e seu cabelo











O Rodrigo já reparou nisto e eu também tenho andado atenta ao fenómeno. Isto, meus amigos, é um up grade à séria. Um extreme make over feito à maneira.
Se repararem, da permanente feita no Cabeleireiro "O Ideal Nova Felgueirense", passando pelo Salão "Beleza Nova Carioca Palace" até ao Estúdio "Design de Cabelos", foram necessárias muitas horas, alguma experimentação, um retoque aqui, uma nuancezinha loura acolá, mais uma tesourada e finalmente (?), um espelho que lhe sorri.

Na foto do meio, sem aquela mise provinciana feita lá na terra, temos já um corte moderno mas algo discreto, acabado de retocar em Copacabana, adequado à rentrée de uma estrela desaparecida. Apareceu remoçada com dois anos de passeios no Calçadão e quiçá um apontamento no Pitangui. Na fotografia da esquerda, nada a apontar: uma mulher moderna, provavelmente com calça na bota, decote generoso e um aspecto oitenta por cento cool (não a oiço daqui).

Do fatinho saia-casaco cinzentão (aposto que até meio da perna), ao casaco cor de rosa (já com um promissor decote mas com excessiva fancaria), até à depurada blusa preta, carteira assortie e provavelmente algum ginásio, criou-se, desenvolveu-se e surgiu uma mulher moderna e uma executiva desempoeirada. Pode não gostar-se do estilo, mas se ela se sente melhor assim, porque não, que isto não é para ofender ninguém. Haja agora alguém que lhe dê um blog. (Foto)

À Sra. D. Fátima, um poema para relembrar o seu passado no "Ideal Felgueirense". Nunca devemos renegar as nossas raízes:
Chaves na mão, melena desgrenhada

Chaves na mão, melena desgrenhada,
Batendo o pé na casa, a mãe ordena
Que o furtado colchão, fofo e de pena,
A filha o ponha ali ou a criada.

A filha, moça esbelta e aperaltada,
Lhe diz coa doce voz que o ar serena:
- «Sumiu-se-lhe um colchão? É forte pena;
Olhe não fique a casa arruinada...»

- «Tu respondes assim? Tu zombas disto?
Tu cuidas que, por ter pai embarcado,
Já a mãe não tem mãos?» E, dizendo isto,

Arremete-lhe à cara e ao penteado.
Eis senão quando (caso nunca visto!)
Sai-lhe o colchão de dentro do toucado!...
Nicolau Tolentino

19 Comments:

Blogger cinderela-dos-pes-grandes said...

Este comentário foi removido pelo autor.

10:44 da tarde  
Blogger cinderela-dos-pes-grandes said...

Mas, Misspearls, aquele ar THICK AS A BRICK não sofreu nenhum upgrade redentor: aúnque la mona se vista de sieda... chassez le naturel, il revient au galop! etc etc

10:45 da tarde  
Blogger cinderela-dos-pes-grandes said...

Este comentário foi removido pelo autor.

11:02 da tarde  
Anonymous baducha said...

Um extreme make over feito à maneira só a torna mais inatingível aos olhos dos felgueirenses, o que por si só a eleva a um estatuto de diva!

Esta mulher é uma artista, palco não lhe falta e tão pouco plateia!

O seu post é deliciosamente cáustico.

1:40 da manhã  
Blogger definitivo said...

Alexandre O´Neill, no seu maravilhoso poema "Saber viver é vender a alma ao diabo", termina assim:

"Saber viver é vender a alma ao diabo,
a um diabo humanal, sem qualquer transcendência,
a um diabo que não espreita a alma, mas o furo,
a um satanazim que se dá por contente
de te levar a ti, de escarnecer de mim..."

Perdoe-me só mais este, Miss Pearls, de Mário de Sá Carneiro:

Canção 3, do "Sete Canções de Declínio":

"- Embora num funeral
Desfraldemos as bandeiras:
Só as Cores são verdadeiras -
Siga sempre o festival!

Kermesse - eia! - e ruído!
Louça quebrada! Tropel!
Defronte do carroussel,
Eu, em ternura esquecido...

Fitas de cor, vozearia -
Os automóveis repletos:
Seus chauffeurs - os meus afectos
Com librés de fantasia!

Ser bom... Gostaria tanto
De o ser... Mas como? Afinal
Só se me fizesse mal
Eu fruiria esse encanto.

- Afectos... divagações...
Amigo dos meus amigos...
Amizades são castigos,
Não me embaraço em prisões

Fiz deles os meus criados,
Com muita pena - decerto.
Mas quero o Salão aberto,
E os meus braços repousados."


Fátima Felgueiras & Felgueiras... merecem.

3:23 da manhã  
Blogger O Jansenista said...

Cara Miss, não a sabia entusiasta da Felgueiras Fashion. O primeiro penteado chama-se presunto implicado, o último chama-se presunto inocente, e o do meio chama-se simplesmente presunto.
Mas por favor, Miss, não gaste os preciosos cartuchos de Nicolau Tolentino nestas bagatelas bacorinas de Felgueiras!

10:09 da manhã  
Blogger MissPearls said...

Caro Jansesnista,
Talvez eu tenha ironizado mal. Falta de talento!
:)
Acho aquilo tudo do pior que há.

10:37 da manhã  
Blogger MissPearls said...

"Um extreme make over feito à maneira só a torna mais inatingível aos olhos dos felgueirenses, o que por si só a eleva a um estatuto de diva!"

Bem visto, Patricia!

10:38 da manhã  
Blogger ariel said...

..."Mas por favor, Miss, não gaste os preciosos cartuchos de Nicolau Tolentino nestas bagatelas bacorinas de Felgueiras!"
Diz o Jansenista e como eu não diria melhor, transcrevo.
É que eu cheguei a saber este poema de cor, que é delicioso.

Acho que se poderia juntar às restantes fotos que por aí circulam com os dizeres "Portugal no seu melhor!" Lembro-me também de uma frase nun filme de Woody Allen, em Balas sobre a Broadway "This is sad, sad, sad"!

11:51 da manhã  
Blogger ergela said...

Cara Isabel,não pode negar que o "estágio" da senhora no Brasil deu-lhe muito jeito.
:)))Cumprimentos

11:51 da manhã  
Blogger JC said...

Como se diz dos futebolistas, consta-me que a senhora já está referenciada pela GQ, Maxmen e a FHM, que enviaram "olheiros" à 1ª sesssão do julgamento. No entanto, FF declarou ao jornal "Sempre Presente" que, embora tenha sido avisada da presença dos representantes dessas revistas, até ao momento ninguém a contactou, a si ou ao seu empresário. Mais disse que por enquanto só pensa no povo de Felgueiras, mas estará sempre disposta a analisar as propostas que lhe chegarem, principalmente do estrangeiro pois o seu sonho é mesmo a carreira internacional.

12:55 da tarde  
Anonymous @zul said...

Deliciosamente caústico ou causticamente delicioso?

:)
Beijinhos

2:49 da tarde  
Anonymous a Perigosa said...

O seu post é uma delícia... Miss Felgueiras é do piorío! não há nada mais piroso, mas os retoques do Brasil favorecem-na muito TADITA!
Adoro o seu blog

6:04 da tarde  
Anonymous a perigosa said...

Percebo o Jansenista... com o seu estilo chiquérrimo e o seu belíssimo blog gosta pouco de felgueiriçes... sou fâ incondicional do Jansenista... mas sabe que esta coisa dos penteados à presunto sempre interessou, interessa e interessará o mulherio, mais que não seja para expor o ridículo, o que me parece ter sido o caso.

6:11 da tarde  
Blogger Dulce Alves said...

que delícia ler um post como este para animar esta entediante madrugada de sábado..!
que acutilante e sempre oportuno sentido de humor, Miss Pearls!

Mas "escapou-lhe" à análise esta foto:
http://www.tsf.pt/imagens/2005/09/noticias/imgs/21/grande/fatima_felgueiras_dr.jpg

e esta:

http://segundasedicoes.expresso.clix.pt/imagens/ed1511/fotos/pequena/F1-PU14.jpg

TENHAM MEDO, MUITO MEDO!

2:12 da manhã  
Blogger MissPearls said...

Cara Dulce,
Lamento que não se tenha ido divertir Sexta à noite :)
Acho que valoriza demasiado os meus méritos :
não tenho talento que chegue para comentar as fotografias que me enviou .
:)

2:24 da manhã  
Blogger MissPearls said...

CAro JC
Já não digo nada.
Já viu as fotografias da Carolina Salgado para a MaxMan ou GC?


Obrigada a todos/as
:)

12:51 da manhã  
Anonymous MinieMouse said...

Convenhamos que (mesmo não gostando da Senhora Dona Fátima) ela mudou para melhor. Talvez pudesse levar com ela - numa futura viagem ao Brasil ou numa eventual ida ao cabeleireiro - a Senhora Dona Milu, que também precisa de um visual melhoradito...

9:23 da tarde  
Anonymous max said...

um pagode de post! magnífico!

2:15 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker