quinta-feira, março 1

Cool

C'est cool A nouvelle cuisine é um tipo sentar-se num restaurante branché aqui em Paris cheio de meninos 26-35 finos e bonitos, pedir uma coisa no menu com um ar bem apetitoso que tenha duas ou três linhas de descrição, e afinal vir um pratinho design com um bocado de salmão com um pote de arroz e grão, ou uma perna de frango com um puré cor-de-laranja e folhinhas por cima. E tudo isso com sabor a papel. Digam o que quiserem, vou ao italiano caseiro na mesma rua, pago duas vezes menos e alimento-me duas vezes mais. (No Acossado)
E já agora, foi para casa comer um croque-monsieur?
Nada como uma boa tosta mista depois de um jantar desses.

6 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Ma chere Voisine,

C'est une cuisine vraiment BCBG, non ?

A bientot,

L' inconnu

5:30 da tarde  
Blogger ergela said...

Ainda é o que nos vale a bela da tosta "mistica".

Cumprimentos.
:)))
Nota:Tenho sabido que em Paris é uma miséria nos restaurante acessiveis,claro.

6:02 da tarde  
Blogger LB said...

Ah pois, a maçada que é ter que jantar em Paris...!
Assim como a foleirice de ir a Nova Iorque...
Não há nada mesmo como Freixo de espada à cinta!

7:12 da tarde  
Anonymous Cristina Ribeiro said...

Quando estou num outro País,também prefiro jogar pelo seguro:procuro um restaurante italiano.A comida é deliciosa,mais barata e ainda tenho direito a uma sobremesa soberba!

7:32 da tarde  
Blogger definitivo said...

Tenho um amigo que, quando vamos comer fora e a comida que pediu não lhe agrada, no fim - já na fase do whisky numa mão e o cigarro na outra -, remata: "onde é que vamos jantar hoje?"

1:57 da manhã  
Blogger O Jansenista said...

A Nouvelle Cuisine lembra-me de certo modo o Parque Mayer: nunca ninguém perdeu dinheiro por subestimar a inteligência do público.

10:13 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker