sexta-feira, agosto 31

Dias de Verão (12)

E por vezes as noites duram meses E por vezes os meses oceanos E por vezes os braços que apertamos nunca mais são os mesmos E por vezes encontramos de nós em poucos meses o que a noite nos fez em muitos anos E por vezes fingimos que lembramos E por vezes lembramos que por vezes ao tomarmos o gosto aos oceanos só o sarro das noites não dos meses lá no fundo dos copos encontramos E por vezes sorrimos ou choramos E por vezes por vezes ah por vezes num segundo se envolam tantos anos. David Mourão-Ferreira

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Muito obrigada, pelas pulseiras, pelas caixas "graandes.." e, em especial, pela sua amizade.

Um grande abraço, deste Porto sentido.

Lina

8:52 da tarde  
Blogger MissPearls said...

Eu é que agradeço.
Afinal a "mãe é a única que gosta de discutir os livros que lê" :)
Um beijinho

Gostei do Porto sentido

12:27 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker