quarta-feira, abril 25

Edward Hopper: The Office at Night

Invejo-lhes o sentido de ordem e de arrumação: o lápis afiado, as canetas, as esferográficas e os marcadores juntos no porta-lápis, a caixa-ursinho à esquerda com a borracha e a afiadeira, o calendário no centro ao lado da caixa-gatinho com os clips, agrafos, régua, saca-agrafos e adereço "Não fume por favor". Post it de cores sortidas deligentemente arrumados ao lado direito do computador e do vaso decorativo imprimem um aspecto mais personalizado a estas impecáveis secretárias. Agendas-coelhinhos, pisa-papéis pinguins e bloco de notas-museu, estrategicamente colocados junto ao telefone alegram o ambiente, agilizam movimentos e promovem a eficácia. Gavetas cirurgicamente arrumadas e armários organizados com método e ordem, ficam uma coisa que se pode ver, mas que convém não mexer.
Olho à volta e, infelizmente, qualquer semelhança com a minha realidade é mera coincidência. Em contrapartida, tenho o armário da bricolage tão arranjadinho que até dá gosto.

13 Comments:

Anonymous baducha said...

Ainda bem que alguém me compreende!
A única coisa que mantenho arrumadinha é a caixa de costura.
Tenho uma pancada por caixas de costura. A minha mãe e irmãs já me pedem para organizar as delas.
Pronto, pronto Miss Pearls, vai dizer-me que já viu pessoas internadas por menos, mas é verdade!
A minha secretária parece a Torre do Tombo... e funciono muito bem assim!

11:45 da tarde  
Blogger definitivo said...

Ó baducha, mas na Torre do Tombo, está tudo organizado. Penso eu de que.

Pois eu também digo presente à desorganização. Se pelo menos tivesse uma caixa de costura...

No meu escritório tenho 3 móveis com prateleiras, um vitrine onde tenho a minha colecção de carros (Ferraris) e motos (multimarcas), a secretária, e duas prateleiras em vidro onde estão o fax, a impressora multifunções e o telefone. Em todas estas "coisas" estão livros, CDs, DVDs, "vinis", uma caneca do Benfica, um prato - de quem havia de ser? - do Benfica, uma peça em bronze - de quem? - do Benfica, um cachecol (é preciso dizer?) do Benfica a "unir" um móvel a outro só para parecer bonito, umas garrafas de álcool diverso (não é permitido dizer marcas nem tipos) e, aposto que, se me der ao trabalho - pois sim! - de procurar melhor, ainda encontro para lá uma chave de fendas que me desapareceu há uns tempos.

Eu sou tão desorganizado que, se marcar um encontro com alguém, em vez de dizer a que horas apareço, tenho que dizer "apareço a qualquer hora". Não costumo falhar a este tipo de encontros.

2:55 da manhã  
Blogger MissPearls said...

MAs no resto, caros amigos, sou uma fundamentalista da arrumação, da ordem, da limpeza e da pontualidade
:)

2:04 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

para os fundamentalistas da arrumação e não só.

http://vilaforte.blog.com/1584974/

pedro oliveira

4:02 da tarde  
Anonymous baducha said...

Definitivo, a Torre do Tombo está de facto organizada, agora tente imaginar uma imensa quantidade de papeis e processos na dimensão de uma secretária. Era essa a associação, a de quantidade num espaço tão exíguo ;)

Pois também sou pontual (very british, indeed!), organizada e a falta de limpeza incomoda-me, mas não sou fundamentalista. Eu gosto é de espaço para respirar, mexer e que as minhas coisas também respirem :)

8:40 da tarde  
Blogger definitivo said...

Omessa, Patrícia, não me leve tão a sério. Nota-se assim tanto que sou muito desorganizado? Oh diabo! tenho que pôr um pouco menos de ficção no próximo post.

11:17 da manhã  
Blogger ariel said...

definitivo: só espero que as canecas, o prato a peça de bronze e o cachecol do Benfica não sejam ficção...é que eu acredito em quase tudo.. e ficava muito triste...
:)

6:17 da tarde  
Blogger malfardado said...

isso e que e organização!!!

6:24 da tarde  
Anonymous Alipio said...

Terá Miss Pearls levantado vôo outra vez e rumado a outras paragens?
Já sentimos saudades suas!
Alipio,
um seu criado

6:26 da tarde  
Blogger definitivo said...

Ariel, essa parte das "louças", do bronze - não olimpico, qu'eu não sou de corridas - e do cachecol, não é ficção. O Glorioso é tão real, que não preciso de lhe "inventar" nada.

Eu também acredito em quase tudo: tenho é um crivo muito... apertado. Por isso, nunca fico triste. Mas se o Benfica perde....

11:15 da tarde  
Blogger Bianca Castafiore said...

Ah, os papéis amontoam-se em pilhas diversas, bem como os livros.

Ai de mim que me lembre de colocar qualquer papel ou livro num sítio ESPECIAL porque é muito importante e ali não vou perder nem esquecer!... Nunca mais o vejo!
É uma desordem funcional organizada: consigo encontrar tudo desde que mantenha os meus critérios topológicos. Esta realidade tem, por vezes, suscitado algumas tentativas de formular uma explicação de tipo metafísico para semelhante incongruência. Parece-me inevitável que, por debaixo da superfície haja uma profunda ordem sustentando o caos aparente dentro dos limites de um qualquer rigor lógico - imperceptível aos sentidos, claro. :)

2:13 da manhã  
Anonymous Blita said...

Ontem escrevi um comentário. Censuraste-o? Parece impossível. Bjs de Tenerife.

10:07 da tarde  
Blogger MissPearls said...

Escreveste? Tens a certeza? E eu apaguei-o? Não me digas!
Recebi um mail teu e até respondi.
Que diabo! Tu desculpa. Deve ter sido engano meu.
Tua mãe ligou-me ontem. Tia J vai ser operada.
O tempo aí continua maravilhoso? Aqui parece que o Sporting perdeu. É melhor não ligares para casa :)

Um grande beijinho e desculpa. Não percebo.

10:58 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker