sexta-feira, fevereiro 19

Depois das luzes, a lama

Uma situação que nos deveria encher de vergonha. É inadmissível esta falta de respeito pela cidade: antes do foguetório e do folclore para televisões e inglês ver, aquilo fica um mimo. Festa acabada, é o que se vê. Aliás, é só para ser visto.
Torre de Belém (Notícia Público) O jardim foi-se há dois meses, agora há lixo e lamaçal Não deixou boa memória a passagem da Cimeira Ibero-Americana pelo jardim em frente àquele que é um dos ex-líbris do património cultural português: a Torre de Belém, em Lisboa. Ou, melhor dizendo, por aquilo que até à cerimónia de abertura da cimeira era um jardim, mas depois disso acabou transformado em depósito de lixo, monte de areia e lamaçal. Conta quem por lá passou logo após a presença dos chefes de Estado e de Governo, em Dezembro de 2009, que a zona "foi deixada completamente ao abandono, coberta de detritos". Hoje o cenário é um pouco melhor, porque a Câmara de Lisboa já iniciou a limpeza do terreno, mas este continua a ser um péssimo cartão de visita. A recuperação do espaço ainda vai demorar. Lá para a Primavera poderá voltar a ser utilizado pelos turistas e pelas muitas famílias que por ali passeiam. I.B.

2 Comments:

Blogger GJ said...

É o país a enterrar-se e a lama a vir ao de cima.:(

11:38 da manhã  
Blogger M Isabel G said...

GJ
Este mundo não é o meu:)

12:06 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker