quinta-feira, maio 24

Palavras com sentido

Usamos as palavras, abusamos das que gostamos e abandonamos as que nos desagradam. Por vezes sorrimos com palavras antigas, noutras assalta-nos a nostalgia de amores perdidos ou chegam-nos expressões que nos melindram. Outras há que enfastiam pela repetição, aborrecem pelo vazio, desconcertam pela incerteza ou magoam pela dureza. Há palavras fáceis e outras difíceis. Depois há as outras, as que usamos com parcimónia, as exclusivas, as do amor, da amizade, do carinho ou do desejo.
E na hora de todas as verdades, remember Harry Block?*: The most important words in the English language are not "I love you" but "It's benign."
Não podia estar mais certo.
*Deconstructing Harry - Filme de Woody Allen
(Uma dedicatória especial)

3 Comments:

Blogger sem-se-ver said...

sim. não podia estar mais certo.

1:35 da manhã  
Blogger Once In a While said...

:) carregado de sentido este .. não que os outros não o tenham mas .. li-o talvez com outra alma
Obrigada :)

3:11 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Não há quem se recorde de me ouvir dizer "chateado". Prefiro estar "aborrecido". Penso que nunca me referi à "Esposa" de alguém. Prefiro referir-me à sua "Mulher". E depois de mais de trinta anos em terras anglófonas, a minha preferência vai para as frases curtas. Que aqui há quem as sinta "telegráficas". Para as palavras sempre mais simples. "Usar" em vez de "utilizar". "Mundial" em vez de "global". E jamais "deslocalizar" ou "visualizar".

Só por isto estou-lhe muito obrigado.

F

7:31 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker