quarta-feira, maio 23

Adventures Airlines

No último número da revista Atlântico, o Alexandre Soares Silva debate-se com "O meu problema com a literatura de viagens".
Eu não iria tão longe até porque me confesso fraca admiradora do continente africano. Principalmente por desconhecimento e porque a África de que fala o Alexandre não é a que me mostraram. Depois, perdi o interesse e a curiosidade. Falta minha, certamente.
Escreve o Alexandre "O que houve com o Mistério que abandonou o mundo? É possível recuperá-lo? Algum dia a mera menção de África vai voltar a causar-nos um frisson de adolescente lendo As Minas do Rei Salomão? Como se sente o povo zulu a respeito disso - eles que antes dominavam Kukuanaland, e cujo simples aparecimento no horizonte causava terror no homem branco e agora só devem causar pena nos adoráveis seios arfantes de Angelina Jolie?" Muito antes do Discovery Channel, do National Geographic, da democracia e do avião, já o Tintin nos levava pelos mares do Pacífico, Egipto, Balcãs, Congo, China, Itália, Tibete e até à Lua.
Muito antes disto tudo eu imaginava como seriam as montanhas geladas de Grichka no meio de ursos e lobos. Isso sim, tinha todo o mistério do mundo. Eram as minhas viagens. Estou a misturar literatura de viagens e aventuras? Mas não era tudo o mesmo?
Fotog. da Exposição do Centenário de Hergé no Centre Pompidou

3 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Cara Isabel conto consigo dia 03/6
em Lisboa para a corrida (não precisa de correr) contra o cancro da mama, e traga mais amigas.

:))))


ERGELA

3:17 da tarde  
Blogger MissPearls said...

Obrigada Ergela
Mas não me parece que dia 3 esteja em condições de me pôr a andar quanto mais a correr.:)
Mas vou dizer à familia e amigas.
Um abraço
Maria ISabel

9:51 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

O griska, sim. grande companheiro de aventuras. Antes de saber do gelo, de neve e montanhas, que na minha terra o que sobrava era o espaço das anharas e imbondeiros, já o urso e seu valente companheiro me haviam feito conhecer esse planeta distante além da sibéria, que mais tarde vim a identificar por um quadradinho do jogo do Risco.

J

5:27 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker