terça-feira, abril 10

Conversa de post


- Está frio, não está?
- Quando saí de casa , com o sol composto, ainda pensei que ia fazer calor.
- Um engano. Li que ia chover, mas nada.
- E bem que a chuva é precisa. Sempre limpa o ar e as ruas.
- Nem me diga. Nunca se viu esta cidade assim tão suja.
- E a gente já não se sente segura.
- É verdade. E a vida tão cara.
- Está sempre bem para os mesmos. Olhe aí esses das revistas. Boa vida.
- E o Algarve cheio, mais os restaurantes, a gasolina. Só se eu andasse a roubar.
- Foi o que o meu marido disse. E o frio que faz aqui.
- É a senhora já a seguir. Pode ser que não demore muito.
- Espero bem que não. Já não sei que mais posso escrever.

2 Comments:

Anonymous ergela said...

Cara Isabel,o eterno lamento do tuga,ou por isto ou aquilo,tem de haver alguma coisa mal,instantaneo do dia a dia muito bem apanhado.
Cumprimentos.

8:40 da manhã  
Blogger ariel said...

ahahhaha!!
falta ainda o lamento da "espinhela caída" da "espondilose", e do mê reumático!!!
:)
:)

11:34 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker