terça-feira, abril 3

Os nossos lugares

Acho que devemos ter os nossos lugares. As razões podem ser diversas: porque nos fazem sentir bem, nos quais fomos felizes, pela sua beleza, ou porque simplesmente nos encantámos por eles.
Em Paris há um local onde volto sempre. Gosto do sossego daquela praça e da originalidade da igreja. Fechamos a cancela, sentamo-nos no banco, quase sempre sozinhos, e ficamos por ali, ao lado da árvore mais antiga de Paris. Com sorte ainda assistimos a um concerto na igreja, sóbria, antiga e de decoração bizantina. Testemunha de várias épocas e revoluções, a igreja de Saint-Julien-le-Pauvre é actualmente Greco-Católica Melquita, de rito bizantino, como o prova a iconografia do seu interior. O meu lugar em Paris.


*
Por falar em lugares a que voltamos sempre, este blog festeja o aniversário do Bomba Inteligente.

Parabéns, Carla, desta tua leitora.

3 Comments:

Blogger cristina ribeiro said...

Um momento mágico foi quando,há alguns anos,ouvi,em Saint-Julien-le-Pauvre,uma orquestra de câmara a tocar,divinamente, um concerto para violino,de Vivaldi.

11:16 da tarde  
Blogger MissPearls said...

No Sábado às 19 horas tb tocaram Vivaldi e Mozart :)

1:37 da manhã  
Anonymous Eurico de Barros said...

Eu cá, é o Museu Britânico, nunca falha quando vou a Londres, e já lhe perdi as vezes. Boa Páscoa!

10:23 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker