sábado, abril 7

Tempo de Páscoa


Enquanto as televisões estão ocupadas com a neve na Serra da Estrela, com os corpos gelados no Algarve e com a contabilidade do genocídio rodoviário, algures por aí fora, num Portugal que não se vê, há gente que se reúne que se conhece, que se revê, que se importa e que partilha os mesmos espaços com uma saudação.
Quem costuma passar o fim de semana da Páscoa em aldeias do interior e que leva a sério as celebrações mais importantes da Igreja Católica (gente que vive nas trevas, tradições de um país obscuro e medieval, dirão alguns e eu ralada), sabe, como eu, que anda tudo a toque de caixa, ou melhor, a toque de sino. Entre a sobriedade da Sexta Feira Santa e os festejos do Domingo, nas casas onde ainda não chegou a velhice e a migração, saem as tradições às ruas, as devoções às igrejas e os costumes às mesas.
Ainda não há muito, em tempos de certezas e lanches de fatias douradas, bolos de azeite e mel e chá em toalhas de linho saídas das malas, a televisão era também parte das festas. Pela enésima vez lá vinha o Ben-Hur, as Sandálias do Pescador, A Túnica, Quo Vadis, Os Dez Mandamentos e mais alguns que todos víamos como se fosse a primeira vez. Era assim e pronto, que eram tempos de estar em casa, em que se recebiam os forasteiros, os compadres, os ricos e os pobres, os incréus e os crentes: eram as Boas Festas. Coisas de país atrasado, dirão alguns e eu, de novo, ralada.
Actualmente, uma vista de olhos à programação das televisões explica muita coisa: lixo e mais lixo, mas lixo de um país moderno. Isto sim, um verdadeiro atraso de vida.

10 Comments:

Blogger ricardo said...

Na Páscoa, como no resto do ano, Miss Pearls... Há muito que a (nossa) televisão só mostra lixo, lixo e mais lixo. Bom, às vezes, na RTP2 ou nos outros canais entre as 3 e as 4 da manhã, lá se consegue apanhar um ou outro programa interessante.

Boa Páscoa.

8:11 da tarde  
Anonymous Wagner Moura said...

Que as TVs sepultem a programação ruim e ressuscite as coisas boas de Portugal! :) Feliz Páscoa.

6:06 da manhã  
Blogger outro blog said...

mas tem de concordar que é lixo moderno...lollll


claro que tem toda a razão, se bem que também ache que não é só nesta altura, começa a ser uma constante

e pior, já não existe nestas casas quem saiba o que não é lixo


mais uns anos e nunca virão senão lixo


não vejo o futuro muito risonho, confesso

Bom Domingo de Páscoa, eu vou a mais uma amendoa que me desgraçam

11:40 da manhã  
Blogger hcm said...

Regressada desse interior que tão bem descreve, e embuída desse espírito "fora de moda" (e eu ralada, também...), aqui lhe deixo um beijinho de Boas Festas de Páscoa.

1:17 da tarde  
Blogger superescritor said...

HOJE QUO vadis na rtp1..
O PASSADO DURA COMO O OURO QUE REFLECTE NO FUNDO DO RIO À MEDIDA QUE A ÀGUA PASSA E TENTA DESGASTA-LO...

(nota-se muito que vim do interior?)

óptimo post...

5:25 da tarde  
Blogger superescritor said...

ah.. e boa e Santa Páscoa..

5:27 da tarde  
Blogger nelio said...

além do lixo, apanhamos sempre agora com a paixão de cristo do mel gibson. eu, por mim, preferia de longe o cristo do zeffireli ou a última tentação do scorcese. mas isso sou eu que tenho queda para a heresia. bom, bom, era se adaptassem o evangelho segundo jesus cristo do saramago ao cinema...

boa páscoa

7:02 da tarde  
Blogger MissPearls said...

Obrigada a todos.
Como escreveu hoje Pulido Valente:
"Não sou cristão e muito menos católico. Mas não deixa de ser triste a trivialidade em que se tornou a vida. A Páscoa, para algumas pessoas, dividia o ano. Agora é um pretexto para viajar."

7:57 da tarde  
Anonymous mje said...

Viva Miss Pearls
A Páscoa? Uma pausa. Uma festa. Uma tradição. Um pressuposto. Para alguns que ainda o conseguem, uma indagação. A televisão? Nada disso. Por vezes, contudo, um assomo de informação. Nada mal :)
Lembranças

6:00 da manhã  
Blogger Cabral-Mendes said...

Há já muito tempo que leio o seu blog com extremo deleite.

Esta noite não pude deixar passar em claro este seu texto que muito me comoveu, e que evoca um certo Portugal que foi rejeitado apenas por alguns que, todavia, conseguiram impor a sua vontade.

Em tempo: gostei imenso de ouvir a entrevista que deu, há uns meses,à Rádio (Antena 2?.

Os meus cumprimentos.

1:45 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker