sexta-feira, fevereiro 9

Já não é mau.

- Estou apaixonado, sabias? - E ela? - Sabe que eu existo. - Já não é mau.

7 Comments:

Blogger definitivo said...

A minha primeira paixão durou dos meus 13 aos também meus 16 anos.
Chamava-se, Anabela, era minha vizinha e era linda. Nunca lhe disse. Que a amava. Ela nunca mo perguntou. Nunca percebeu? Não faço a mínima ideia. Três anos de silêncio absoluto em frases tipo: "estou apaixonado por ti", "amo-te, sabes?", "queres vir um dia destes ao cinema comigo?", "queres namorar para mim?", "ainda não reparaste como eu te adoro, sua burra???!!"....
Nada, apenas sabia que... eu existia.
Eu também só queria que ela apenas soubesse que eu existia.

Desde aí, o tempo passou, ela não voltou e o meu amor mudou.
Já não é nada mau.

3:55 da manhã  
Anonymous Cristina Ribeiro said...

A nossa vida é feita de tantos desencontros e silêncios...

2:46 da tarde  
Blogger MissPearls said...

Pode crer Cristina.
Sinto o mesmo.


Definitivo; ainda bem que há histórias felizes :)

3:15 da tarde  
Anonymous Cristina Ribeiro said...

Olá Miss Pearls,
Estou aqui de novo,porque me lembrei que revi há pouco tempo,em DVD,um filme muito belo,que tem a ver com este seu post,acho eu:"Despojos do Dia".

6:50 da tarde  
Anonymous baducha said...

A razão porque não deixei comentário neste post foi porque Cristina Ribeiro, no seu comentário, disse precisamente aquilo que penso, mas agora Miss Pearls e Cristina, se me permitem:
O filme "Despojos do Dia" tem interpretações soberbas - Anthony Hopkins e Emma Thomson - , mas o livro é muuuito melhor.

Se a Cristina tiver oportunidade leia, tambem de Kazuo Ishiguoro, "Um artista do mundo transitório".(traduzido em português em 1990).

Concordo com a sua escolha para reforçar este post, mas tente ler aquele que acabo de dizer e talvez terá a minha opinião, ou seja, que este tem mais profundas relações com o post de Miss Pearls....digo eu :)

7:37 da tarde  
Anonymous Cristina Ribeiro said...

Baducha,é giro que diga isso sobre o livro"Despojos do Dia",porque no fim de ter visto o filme fui à estante procurar o livro,que sabia ter,mas estava "esquecido";já o seleccionei para uma das próximas leituras.
Quanto ao"Um artista do mundo transitório",não conhecia o título,mas vou procurá-lo;obrigada !

8:44 da tarde  
Blogger MissPearls said...

Também gostei muito de DESPOJOS DO DIA.
Agora vou chorar mais um bocadinho (mais uma vez) com o Clint Eastwood e a as Pontes que está a dar no canal um.

11:39 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker