sábado, novembro 11

Cidade luz

E, apesar dos franceses, we'll always have Paris. Abrigados do frio nas arcadas da Place des Vosges, um fim de semana é muito pouco.

7 Comments:

Blogger O Jansenista said...

Estive lá há pouco, lindíssima e repousante - mas tenho saudades dos tempos em que o Marais era apenas o quartier juif, não era ainda a Cage aux Folles...

10:04 da manhã  
Blogger Francisco Valente said...

Mas continua o bairro mais bonito de Paris...

7:38 da tarde  
Blogger magarça said...

A Place des Vosges é o meu canto preferido em Paris...

1:49 da manhã  
Blogger Hexagonista said...

Le Marais n'est pas seulement la Cage aux Folles. Il vous suffit de prendre les autres avec un peut plus de souplesse et vous trouverez moins de cages partout.

E quanto ao apesar dos franceses... deve ser um cliché de direita, esse.

3:53 da manhã  
Blogger MissPearls said...

Caro Jansenista,
A histórias do Marais são fantásticas. Há uns tempos peguei no Guide Bleu (acho que era esse) e percorri todas as ruas, todos os cantos desse bairro.

Hexagonista,
De facto, os franceses em geral e os parisienses em particular, não são muitodo meu agrado. Os índigenas do sul de França são mais simpáticos (depois de os entendermos, claro) :)

12:47 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Não é aqui a casa-museu de Victor Hugo ?

11:04 da manhã  
Anonymous Hexagonista said...

Miss Pearls:

Francoadicto e francofilo, muito me temo que não tenho mais remédio, em abono da verdade, do que estar 100por cento de acordo consigo.
Os melhores franceses da minha vida aqui vêm todos de Orleães para baixo.
O top dos tops, na minha opinião:
Bordeus, Toulouse ( menção especial sotaque Impressionante ), Marselha e Monpellier.

10:08 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker