quarta-feira, novembro 8

Bicho de conta

Números, números, números que já dançam debaixo dos meus olhos. Não nasci para estes cálculos. Os dedos não tocam nos números certos, ou será que as teclas são pequenas? O telefone desconcentra-me. Soubesse eu resolver com facilidade os problemas de aritmética da água, das torneiras e dos tanques cheios, estaria provavelmente noutro lugar (minha rica mãe que tinha tanta paciência). Entretanto o papel parece que encolhe. Ou estica? Tinha a certeza de que a tecla da percentagem foi sempre aqui. Devem ser modernices. Gaita, que carreguei na tecla dos euros. Tecla dos euros aqui? Delete. Mais uns números. Tenho que arranjar as unhas. Onde está o isqueiro? Tenho fome. E sede. Sub-total. As coisas lindas que sei fazer. Mensagem mana. Mensagem amiga. Duzentos e quarenta e cinco menos cento e vinte dois igual. Ora aí está. Um post alfa-numérico.

4 Comments:

Blogger Mushroomdeluxe said...

Deixo um conselho de amiga: enquanto ainda se lembra do pin do cartão multibanco, fuja do escritório e vá às compras

6:58 da tarde  
Blogger katraponga said...

Os números são apenas resumos de palavras muito compridas.

7:30 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

O que gostei deste post! Por identificação, claro e bela beleza da escrita. Muito bom.

9:06 da tarde  
Blogger MissPearls said...

Mushroomdeluxe
Esse nunca me esqueço :)

António,
Uma desgraçada :) Cada um é para o que nasce, como dizia a minha madrinha :)

Katraponga,
Números não são o meu forte, de facto.

11:24 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker