sexta-feira, setembro 18

Parecem bandos...

É possível que eu ande a ver filmes a mais, mas creio estar em condições de garantir que a mosquitagem, hoje em dia, está praticamente imune aos métodos habituais de destruição. Dito de outra forma, o xeltox parece-lhe um figo e fogem dos repelentes eléctricos com as maiores acrobacias aéreas. Quanto ao velhinho mata-moscas, há muito que lhe conhecem o formato, sabem com o que contam e como lhe devem escapar.
Vistos aos microscópio é possível vê-los esfregar as antenas de contentamento com mais uma deliciosa bombada de Baygon, fortalecidos pelos choques eléctricos ou tonificados para abundantes e arrojadas horas de vôo.
São bichos velhos, que já resistiram a glaciares, dinaussauros, vulcões, pragas, guerras, à fúria dos homens e dos elementos. Têm já muitos séculos, tempo mais que suficiente aumentarem as competências dos sensores e para reagirem com eficiência aos estímulos visuais e de calor.
A gente vê a caixa com batatas, cebolas e alhos, culpabiliza a rua, a vizinhança, aumenta a dose de insecticida, e ainda lá andam eles, rentes aos nossos ouvidos, cruzando os ares em frente aos nossos olhos.
Zzzzzzzzzzz..
Não é trabalho para aprendizes.

5 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Cara vizinha,

"culpabiliza a rua, a vizinhança,"

Alto lá! Eu nem sequer estou em LX...

Mas reconheço que haveria muito a dizer, infelizmente.

A beira do regresso a Telheiras, subscrevo-me.

Melhores cumprimentos,

6:56 da tarde  
Blogger O Pescador said...

Pois, e o que é que eu hei-de dizer se mal os enxergo e já não os consigo ouvir?
É ser picado e calar! :-)

7:16 da tarde  
Blogger Paulo Abreu e Lima said...

Com todo o respeito, e se experimentar fechar a janela...? :)

10:28 da tarde  
Anonymous Alexandra said...

Isabel,
Na qualidade de vitima de uma nova geração de mosquitos e melgas, permito deixar uma sugestão.
Descobri este Verão que, apesar de tudo, estes émmerdeurs ainda não estão imunes à Citronella.
Bastam algumas gotas de óleo de essência de Citronella ( limão ou laranja não funciona) num pouco de àgua num qualquer queimador.
Para exterior existem tb. velas com essência de Citronella.
Para além de eficaz, é muito mais romântico ...
Beijinhos

11:51 da manhã  
Blogger M Isabel G said...

Paulo Abreu Lima,
Fechar a janela??? Mas a bicharada está cá dentro.
Eu quero que ela saia!!
:)


Alexandra
PArece-me uma excelente ideia. Vou tratar do assunto numa casa de cheirinhos.
Obrigda
Nota: E isso das velas não é despiciendo:)

Caro Vizinho,
A culpa em que vir de algum lado, já que não vem de nenuma laranja podre nem de batatas greladas :)

Pescador,
Não sei como aguentas aquelas nuvens de mosquitos junto dos locais por onde andas.
Deves estar imune.

12:38 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker