sexta-feira, agosto 28

Jamais

"Nevermore", diz o pássaro de Poe vindo das sombras da noite. Jamais, suspira a linda Charlotte de voz doce, enquanto o agente 007 garante "Never Say Never Again" embalado nos braços da Bassinger.
Por cá, o advérbio de tempo é bem menos poético e mais terra a terra, com discussões sobre terrenos para o aeroporto, não obstante soar a francês.
No entanto, jamais também dá nome a um blog onde se encontram alguns amigos com boa cabeça e boa escrita.

3 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

3:41 da manhã  
Blogger GJ said...

Tchim, tchim Isabel. Parabéns e tudo de bom.
beijos

1:18 da tarde  
Blogger M Isabel G said...

Obrigada GJ
Continuo a aguardar caixas de seda.. . mas já fazia um lifting ...

Beijinhos
:)

6:58 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker