terça-feira, janeiro 27

Golpadas

Aproxima-se pela direita, pela esquerda ou pela rectaguarda, sempre que seja possível o golpe, passar os outros ou chegar-se mais à frente nas saídas resguardadas por traços contínuos duplos. Desconfio que se ria das manobras que julga inteligentes, de alto gabarito, do fantástico desempenho que o há-de levar mais longe, mais rápido, mais cedo que os outros, os tolos alinhados à espera de vez. Tipos a quem chamam "assertivos", penso eu. Também os vejo muito nas laterais de emergência, certos de que vale a pena arricar, não há lei nem ordem, nem ambulância à vista que os impeça de mais uma esperteza ardilosa, da golpada bem sucedida. A sorte protege os temerários, enquanto avança corajoso, sozinho ou mesmo acompanhado pelo kit da felicidade, deixando para trás os tipos que não arriscam, logo não petiscam. Devem ser os mesmos anjinhos que ele vê sair dos parques de estacionamento a preços milionários, gente pouco preparada para galgar a calçada portuguesa ou objectores de consciência da 2ª fila, cobardolas, havia de ser com ele, um profissional da escalada nos passeios públicos à borla.
E quando nas fila cansadas de esperar, alguém toma a ousadia do primeiro golpe, da fuga para a frente ou pelos lados, é vê-los sair, um ou dois a medo, logo seguidos de muitos, que não querem ficar para trás, não hão-de querer ser toscos, os panhonhas que se deixem ficar, quem não arrisca não petisca, tempo é dinheiro, não são menos que os outros, candeia que vai à frente é que alumia.
São assim as viagens pelas vias urbanas, ninguém mas contou: vejo-os todos os dias de manhã ou ao final da tarde, os tipos muito mais espertos que eu, os gajos ou as gajas das golpadas. Os que se safam melhor, mais cedo, mais rápido, limpinho.
Também se podem ver nas filas únicas com uma única caixa aberta. Assim que outra entra ao serviço, saltam todos dos últimos lugares para a frente do plutão, indiferentes a quem chegou mais cedo. Mexam as pernas, os parolos.
E que dizer dos incautos que, por desconhecimento ou falta de informação, não tiram de imediato as senhas de atendimento?? Nada a fazer, tarde demais: tornam-se invisíveis aos olhos de quem chega depois, que ninguém tem culpa que não puxassem logo do papelinho com número. A lei é a lei e a ordem é muito bonita, basta olhar fixamente para os dígitos no écran.
Se virem uma madura condenada a esperar por vez ou a ficar para trás na filas de trânsito, da farmácia ou das bomba de gasolina, posso ser eu.

6 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Caríssima Vizinha,

O mesmo sucedia-me, invariavelmente, na Espiga Sol.

Mas como se trata de Senhoras que aspiram a ser Tias mas que de educadas nada têm, eu apenas inquiria junto das Senhoras que direito possuíam para passar á frente.

Quando respondem que não tinham reparado ou que não me tinham visto a fila, eu do alto do meu 1m87 e 100 Kg respondia que sim, que era natural que não me tivesse visto.

Best regards,

9:23 da manhã  
Blogger once said...

ou eu .. mas ao menos ninguém me acusa de rídiculo (risos) que é o piorzinho que me podem dizer .. ! ;)

que dizer Miss Pearls? Mais um "five stars" *

9:23 da manhã  
Blogger Kruzes Kanhoto said...

Bichas. Preferia que escrevesse "bicha" em vez de "fila"...Mas tem razão há por aí cada chico esperto!

12:02 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Boa metáfora.
Dos temerários, arrivistas e jactantes,
será mesmo deles o reino da Terra?
MJ

12:12 da tarde  
Blogger M Isabel G said...

Caro vizinho,
não me diga que nunca foi vítima de "maus tratos" por parte daquelas empregadas? pior é difícil. Nós já nos rimos da forma como nos atendem...

MJ
Nos momentos de deseilusão ou raiva, penso que sim, que é deles o reino da Terra. depois passa-me.. ;)


Prefiro dizer e escrever fila. :)

3:34 da manhã  
Blogger M Isabel G said...

Caro vizinho,
não me diga que nunca foi vítima de "maus tratos" por parte daquelas empregadas? pior é difícil. Nós já nos rimos da forma como nos atendem...

MJ
Nos momentos de deseilusão ou raiva, penso que sim, que é deles o reino da Terra. depois passa-me.. ;)


Prefiro dizer e escrever fila. :)

3:34 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker