terça-feira, julho 29

O Verão como pretexto (2)

Escreveu há tempos o Filipe Nunes Vicente antes de ter partido para banhos do Mar Salgado (já agora, o Luis Miguel também já podia voltar) : "Carnes outra vez à mostra. Julho será um imenso talho. O leopardo dorme mal, salta sobre o calor. Os homens resfolegam. Parecem cavalos. Nesta altura todas as fêmeas entram e saem da churrascaria. Queimadas."
Tem razão o Filipe, que me há-de desculpar por estar irritada e lhe dar cabo do post. Vejo algumas delas nas revistas ou nas televisões e apetece-me dizer-lhes que tanta pele à mostra lhes fica mal. Que não têm idade para aqueles trapinhos tipo babydoll, que os refegos deviam andar tapados com discrição, que a sensatez obriga a calças de cós alto, que a estética não é um mandamento, que tanto sol ainda as trama, que as saias curtas não são para todas, que os joelhos precisam de nova demão, que as mamas são falsas, os lábios retocados e as tatuagens horrendas.
Apetecia-me dizer-lhes, mas não digo, desde que não sejam atendidas primeiro que eu.

1 Comments:

Anonymous mike said...

Vá lá, Miss Pearls, não seja tão severa... :) Os homens são menos exigentes que as senhoras nesta época do ano (quiçá em todas as épocas do ano)... (risos)

11:58 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker