quinta-feira, junho 21

"Encompassing the Globe"




Encompassing the Globe: Portugal and the World in the 16th and 17th Centuries (Sackler Gallery e National Museum of African Art-Smithsonian )
A exposição através do Google Earth
Fotografias de uma viagem a Washington no Destaque a Amarelo
Na Biblioteca do Congresso, aproximadamente 310.000 páginas de jornais digitalizados, desde 1900 a 1910, estão agora acessíveis através do Chronicling America Web site.

"(...) Também eu, antes de amar as letras norte-americanas, pautava-me pela assustadora ignorância europeia a respeito dos descendentes daquela gente obtusa e fanática que singrou para o Novo Mundo no bojo do Mayflower. Depois, lendo e admirando a grandeza de Ralph Waldo Emerson, a ousadia de Nathaniel Hawthorne, o vanguardismo de Walt Whitman, o insuperável estilo do Twain cronista, o energismo contagiante de Hemingway e Jack London, a que fui juntando o percurso da matéria literária com directa implicação no cardápio de referências filmicas me rendi. (...) "No Combustões
NOTA:
Ver
abaixo,
comentário do Nuno Mota Pinto em Washington.

3 Comments:

Blogger NMP said...

Cara Miss Pearls,
Já vi a exposição e é fabulosa. Como tem objectos vindos de todo o Mundo, transmite uma dimensão ainda maior à História das nossas viagens e explorações pelo Mundo. São objectos por vezes feitos por portugueses e outras vezes por populações locais a retratar os portugueses, os seus hábitos e a sua cultura. Esta mistura de origens dá um carácter bem interessante à exposição.
Como aqui vivo, fui tendo ao longo do tempo oportunidade de contactar e conversar c os curadores e responsáveis e posso garantir-lhe que nos deixa sem palavras a abertura de espírito, o interesse e a entrega de não-portugueses ao aumento do conhecimento global do nosso papel como nação percursora da globalização. Fica uma sensação de profunda admiração pela curiosidade intelectual revelada pelos responsáveis da Smithsonian Institution.
Como um deles ontem me dizia: "isto é uma oportunidade única para os americanos do Montana, do Ohio, do Texas (que se deslocam muito a estes museus) e outros turistas que venhama Washington conhecerem a grandiosa História do teu país e a herança que deixou pelo Mundo".
Ainda há umas alminhas que insistem em ver a América por olhos unidimensionais e em erroneamente apelidar (tod)os americanos de ignorantes.
Tomara que nós fôssemos assim ignorantes...

11:35 da tarde  
Blogger MissPearls said...

Foi isso também que eu pensei quando pus aqui este post.
Quando vi as imagens do Presidente na inauguração, apesar do meu nacionalismo moderado, não pude deixar de recordar o que a ignorância quer esquecer.
Por isso, também este excelente texto do Miguel.

Muito obrigada Nuno, pelo seu comentário.

11:50 da tarde  
Blogger Frioleiras said...

E............ o ser no MNAA dá-lhe outra magia, outro sabor............................

12:39 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker