terça-feira, janeiro 16

Violonófilos e cinturistas de todo o mundo, uni-vos!

Em defesa do padrão
Não entendo nada de mulher, claro. Aliás, ninguém entende, nem mesmo Freud, que, num momento de aparente exasperação, perguntou o que as mulheres querem e morreu sem saber.(..) E que padrão de beleza é esse, será mesmo o padrão, digamos, ´natural´, será de fato o preferido por homens e mulheres que não estão comprometidos com o conhecido ´Barbie look´? Quanto às mulheres, massacradas sem clemência por gostosas irretocáveis (na verdade retocadas pelo Photoshop), que não têm uma manchinha na pele, uma estriazinha escondida, uma celulitezinha e ostentam dotes de uma perfeição na verdade fictícia, não posso falar muito. Mas quanto aos homens posso, porque ouço a opinião de muitos deles e não só saudosistas do modelo violão (em inglês ´hourglass look´, aparência de ampulheta), mas jovens também. Em primeiro lugar, devo afirmar enfaticamente, não por demagogia ou qualquer interesse subalterno, mas em função de uma permanente pesquisa sociológica informal, existe vasto e devotado mercado para as gordinhas e até para as mais gordinhas do que as gordinhas. Creio mesmo, que, consultada a opinião pública, tanto de homens como de mulheres, mesmo as descinturadas por uma malhação perversa, a maioria concordaria em que mulher tem que ter cintura, faz parte da figura feminina, é clássico, é até constituinte do doce mistério das mulheres. E há muitas gordinhas, sim senhor, mantidas no modelo violão. Está bem, violoncelo, mas com a cintura no lugar.(...) Agora, para alegria dos violonófilos e cinturistas, chega evidência científica de que o padrão esquelético ou Barbie nunca esteve com nada, não deverá estar com nada no futuro e só está com alguma coisa no presente devido a interesses de mercado circunstanciais. (...) As que têm cintura- a-ha! -têm mais saúde. Isto sem dúvida abre horizontes quiçá radiosos para muitos de nós, homens ou mulheres, hoje escravizados pelo pensamento único imposto por estetas de meiatigela. Os modernos somos nós, os violonófilos; as antiquadas são as Barbies.(...)

6 Comments:

Blogger Sérgio Aires said...

Não podia estar mais de acordo. "Hourglass look" forever! Violonófilos de todo o mundo, uni-vos! Grande João!!!

1:49 da manhã  
Blogger ariel said...

Adoro quando eles, cheios de boa vontade, falam no nosso "mistério"...e lembram, compreensivos, como as "gordinhas" são apetecíveis, enquanto olham à socapa para as supostas "descinturadas"...eeheheh
:)

10:35 da manhã  
Blogger MissPearls said...

Hourglass look é fantático, Sérgio.

Longa Vida a João Ubaldo :)

Ariel:
COncordo totalmente consigo:)

12:33 da tarde  
Blogger MissPearls said...

Ariel:
Conheço um caso (referi-o no post de baixo mas já aconteceu) de um sujeito que se babava todo por uma serigaita toa boazoana. Parece que ele deu prioridade a isso e lixou-se:(BEM FEITO para ele, tristeza para as crianças):
A sujeitinha, assim que se apanhou com um filho dele, começou a tratar mal os miúdos do marido e antes do palerma ter dado conta já ela lhe tinha metido os pais velhotes num lar, assim que um deles se constipou.
Uma maçada.! Ah! Mas antes de caçar/engravidar o sujeito (meu amigo) eram almoços e jantares com os "sogros", ia levar os filhos dele ao colégio, iam ao jardim zoológico, festas, etc.

12:41 da tarde  
Blogger ariel said...

É de pasmar, não é Miss Pearls, como há sujeitos que se deixam levar feitos parvos. Não dá para compreender onde têm os neurónios, ou se os têm mesmo, mas ainda assim são eles que dominam o planeta. Quanto a "elas" do tipo que fala, nem sequer comento, porque o seu blog não merece que eu diga certas coisas... quando me ponho a desbobinar é um sarilho.
:)

2:55 da tarde  
Blogger cinderela-dos-pes-grandes said...

MIsspearls, devo concluir que BOAZONA = DESCINTURADA??? ;)

10:15 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker