quarta-feira, janeiro 17

Experiência fakir

Esperava poder vir a escrever sobre a minha tentativa de deixar de fumar pela acupuntura. Lamentavelmente, as três horas de tortura que consegui suportar não dão para mais de três linhas.

6 Comments:

Anonymous JN said...

É pena...gostava de «ouvir» essa experiência!
Só para me «convencer» que um dia conseguirei deixar de fumar sem torturas... :)

Já agora, só para uma altura de «desespero quase final», se isso funciona, porque adesivos e pastilhas...enfim...
E agora vou fumar um! É tarde da noite, em Bragança está muito frio e, não sei porquê, o cigarro dá-me uma sensação de conforto...
Cumprimentos

3:47 da manhã  
Blogger ariel said...

Aqui fica a minha solidariedade, pela tortura. Eu consegui por mim própria, naturalmente há já alguns anos, mas não me dou como exemplo. Há diferentes formas de conseguirmos o que queremos... e mais não digo, senão ainda tenho para aqui algum comentador furioso com o meu suposto fundamentalismo anti-tabagista, como já aconteceu....eheheh
:)

Mas fico à espera do Dess Code III !!!

:):)

11:43 da manhã  
Blogger Baducha said...

Os meus dedos estão a cheirar a nicotina...
Tal como 'JN', também eu gostaria de "ouvir" a sua experiência...
De qualquer forma, FORÇA Miss Pearls e não se esqueça que "o caminho faz-se andando".

6:12 da tarde  
Blogger definitivo said...

COMO DEIXAR DE FUMAR

- Noite fria de inverno
- Suar numa discoteca até às 5 da manhã
- Suar fora da discoteca até às 8 da matina
- Puxar por um cigarro porque já não se aguenta
- Despedir-se da rapariga sem lhe perguntar se gostou
- Chegar a casa às 11
- Sentir-se mal às 12
- Ir para o hospital às 13
- Ser diagnosticado às 19
- Saber que tem pneumonia às 23
- Ficar "hospedado" às duas da madrugada
- Sair da "Estalagem" passados 8 dias
- Não fumar desde aquelas duas horas passadas debaixo dos pinheiros
- Deixar de fumar porque já não apetece
- Deixar de fumar
- Fim

8:01 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

pois no meu caso, foi com muiiiiiita força de vontade! mas cá estou, penso, de pedra e cal!

10:24 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Não fumo há 15 dias. Ainda é pouco, mas é um bom começo. E só com força de vontade! É claro que há alturas em que estou capaz de matar por um cigarro, mas depois de uma pastilha de mentol passa :)

12:37 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker