domingo, dezembro 10

"A shift in values?"

Olá Carlos,
Parece-me uma boa altura para escrever sobre a Rainha: o frio que está lembra o saco de água quente e o robe com que Isabel apareceu na noite em que tomou conhecimento da morte de Diana. Como Balmoral deve ser frio mesmo em Agosto....
Tenho pouco a acrescentar ao que escreveu, mas a "minha" Rainha tem muito mais do que referiu. Os saltos dos sapatos sempre do mesmo tipo, a altura dos vestidos, o clássico Barbour verde, os foulards com motivos equestres, o tradicional Land Rover e o chá que arrefecia: Prince Philip: Your tea is getting cold!
E claro, as celebrities (who??), um notório desprezo pelas celebridades. Mesmo sem já pertencer à família real, Diana pertencia à selecta e selectiva família das celebridades, enredada em exclusivos, sempre com o melhor sorriso onde quer que estivesse o flash de uma revista de referência, como escreveu o antigo director da revista Hola espanhola.
Prince Philip: Elton John wishes to sing at the funeral. Should be a first for Westminster Abbey.
Elizabeth entra num outro "paradigma", como aliás é referido no filme: a fúria modernizadora enquadrada pela "revolução" que um jovem Trabalhista prometia ao velho Império. Do filme retive dois aspectos absolutamente deliciosos: quando o seu Chefe de Gabinete (?) a foi informar de que as flores estavam a impedir a realização do render da Guarda no local centenário, a solução da Rainha foi mandar retirar as flores, pura e simplesmente. Não lhe ocorreu sequer que o render da Guarda se pudesse realizar noutro local. E a cena nas cozinhas de Balmoral, quando a rainha acede à sugestão do Primeiro Ministro para a realização de um funeral de Estado, semelhante às cerimónias do planeado funeral da Rainh-a Mãe. Aliás, fantástica a forma como a própria refere o seu funeral:
HM The Queen Mother: Charles, dear, use the royal flight. They keep one plane on permanent stand-by, in case I should kick the bucket. Afinal, a Rainha sempre conheceu o seu povo e o que este esperava dela, como aliás concluiu um recente estudo da BBC sobre a semana após a morte de Diana. Como Eurico de Barros refere, a Rainha não estava enganada e interpretou melhor " o verdadeiro sentimento popular britânico em altura de comoção geral do que Blair e os media": "Enterrar Diana em sossego e com dignidade. É por isso que o resto do mundo nos admira", teriam sido as suas palavras.
Para nós, que estavamos longe e observávamos tudo aquilo com enorme perplexidade, a expressão do Príncipe Filipe foi a mais óbvia:
Prince Philip: Sleeping in the streets and pulling out their hair for someone they never knew. And they think we're mad!
Não me parece que o Príncipe Carlos se saia muito bem no filme, mas suponho que ele já esteja habituado a ser substimado: já leva em cima muitos anos de incompreensão e depois ninguém morre de amores por ele. Não falo da Camilla,claro.
Vai muito bem o seu indefectível Mr. Blair e esteve à altura das circunstâncias.
Mas douradinhos para o jantar Mrs. Blair? E o Oliver teria gostado? Sobre a "moderna" Mrs. Blair tenho pouco a dizer: previsível, péssimo gosto e algo desarrumada.
Irrepreensível, a Helen Mirren.
E quando o PM exclama: Will someone please save these people from themselves!, basta ver o filme para responder : Not yet Mr. Blair. Not yet.

9 Comments:

Blogger Gotinha said...

Por falar em rainhas...
adivinha quem é a rainha da "Blogósfera" Feminina??!

Quem?!
Vá...
3
2
....
.
.
.
.
1..
.
ÉS TU!!!!

Parabéns!!!

7:54 da tarde  
Blogger MissPearls said...

Muito obrigada Gotinha!
Mas rainha és tu mais o teu futuro príncipe :)

8:13 da tarde  
Blogger Gotinha said...

O Príncipe já tem 3 anos e meio.
Agora vem a princesa!!!
;-)

10:51 da tarde  
Blogger MissPearls said...

Outra gotinha? :)

10:56 da tarde  
Blogger Baducha said...

Helen Mirren está fantástica.
Agora a descrição que a Miss Pearls faz é simplesmente... de-li-ci-o-sa!

2:44 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

a melhor crìtica do filme.
é isso mesmo.
ou tiraste-me as palavras da boca.
parabéns pelo prémio merecido!

5:43 da tarde  
Blogger MissPearls said...

Baducha e Inês, muito obrigada :)

8:35 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Dear Miss Pearls,

Primeiro, junto os meus parabéns pela distinção merecida. A gratidão pela resposta sempre atenciosa e atenta, é também minha.

Sobre o filme. Gostei muito. Faz-me recordar "All the President's men". São dois filmes que tratam crises constitucionais recentes, em dois países com dois regimes diferentes. Só isso já é muito.

Obrigado.

F

1:57 da manhã  
Blogger MissPearls said...

CAr@F leitor@mistério :)

Não me parece que a Rainha chegasse ao ponto ser uma "crise constitucional". Uma crise institucional, talvez :)
Obrigada pela sua companhia

2:05 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker