segunda-feira, novembro 20

Da vida

As vezes que me apetece dizer isto: Uma pessoa que nunca fez ninguém feliz devia mas é estar caladinha. ( Estado Civil) Mas depois passa-me e penso que estão todos bem uns para os outros apesar de saber que não é bem assim.

2 Comments:

Blogger INDIGENTE ANDRAJOSO said...

faz lembrar os amigos conselheiros sentimentais solteirões...

6:46 da tarde  
Anonymous Poemas de amor e dor said...

Parabéns pela qualidade deste blog. Quanto ao pensamento direi que também fui bastante infeliz pois quem contribuía para a minha infelicidade era eu que não tinha coragem para cortar. Hoje sou feliz apesar de sofrer de Parkinson e deixo um poema que escrevi à minha actual companheira com quem casei há 9 anos

BENDITA SEJAS MULHER
Rogério Simões

Nos caminhos que trilhamos renascidos
Certamente já esquecemos a distância
Que prolongam os caminhos percorridos
Irás encontrar na minha ânsia
Estes trilhos marginais mas tão sofridos

Não me fico por silêncios
Mas, meu amor, eu te digo
Bendita sejas mulher
A eternidade é estar contigo
Bendita o sejas por ser
A razão do meu viver

Os ventos são adversos
Maior porta de abrigo, eu, não vi
Terá o céu no acaso
Tamanha luz no firmamento
Sem ti?

Repara no sentido dos meus versos
São cartas de amor que não escrevi…
Palavras adultas fora do prazo,
Construídas no encantamento,
Sem pressas, aqui!

Por isso, de novo, te digo
Bendita sejas mulher
A eternidade é estar contigo
Bendita o sejas por ser
A razão do meu viver.

24-11-2005
Quem não tenta fazer os outros felizes derveria tentar!
Rogério Martins Simões

8:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker