terça-feira, outubro 17

Elm Street

Creio que já devo ter falado nisto, mas o assunto veio de novo à conversa e sinceramente, não resisto. Até pode ser que ninguém tenha lido ou se tenha esquecido.
Discutia-se o Ensino Superior, cursos, professores e até chegarem aos pesadelos, foi um saltinho. Falo de sobressaltos, suores frios e uma infinidade de terrores nocturnos que perturbam o sono e transportam agitadamente para o passado. Pesadelos com cursos incabados, cadeiras por terminar, chumbos, diz-lhes alguma coisa? Pois só ali num instantinho se confessaram dois traumatizados do Direito, um com fracturas expostas de Fiscal e outro desgraçado com Reais. A M. coube-lhe uma cadeira tenebrosa que envolvia a divisão de palavras em árvore, gramática generativa ou algo semelhante. Foi com esta matéria completamente inútil que conheceu Chomsky e com os anos, a animosiade contra a criatura não tem parado de aumentar. Quando há dias lhe viu a fotografia num livro nas mãos do Chavez, voltou-lhe a vontade de bolsar.
Eles andam aí: gente com suores frios, pesadelos com cursos inacabados e ninguém dizia nada? Pois, não têm blogs.

8 Comments:

Anonymous Patrícia Mota said...

Terminei a licenciatura há mais de três anos e ainda hoje sonho que tenho cadeiras por fazer. Além do mais, como só me apercebo disso em cima da hora, acabo sempre nos anfiteatros da Faculdade a fazer exames em pijama!

11:07 da manhã  
Blogger MissPearls said...

:)
:)

11:26 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Eu acabei Gestão há 15 anos, e também tenho pesadelos desses: tal e qual como a Patrícia, também acabam comigo a sair em pijama, quando percebo que me esqueci de uma cadeira. E têm uma variante: às vezes, o que me falta fazer, e que me impede de concluir a licenciatura, são disciplinas do liceu... sonho muito mais, ainda hoje, com o Liceu Francês do que com a Católica - o primeiro marcou-me muito mais do que a segunda.
Filipa

1:02 da tarde  
Blogger O Jansenista said...

Liceu Francês, Católica... Filipa, uma alma gémea!

3:17 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Jansenista,

Uma das coisas que marcava o LF era o facto das pessoas serem todas muito diferentes uma das outras. Era um mundo, e o que se aprendia! Quanto à Católica, eu ainda não usava óculos, mas lembro-me sobretudo de uma grande mancha cinzenta.
(Mas fez-me sorrir e ir espreitar melhor o seu blog. Somos da mesma época?)
Miss Pearls, isto é um abuso, eu sei...
Filipa.

5:43 da tarde  
Blogger MissPearls said...

Cara Felipa:
Esteja à vontade
:)

No caso de gostar do Jansenista, deixe-me sugeri-lhe outro blog :
http://jemantiaindrai.blogspot.com/

Como sou incapaz de me decidir qual dos dois gosto mais, decidi por unanimidade gostar mais do Jansenista ás 2ªs, Terças e Quartas.
Ás Quintas, Sextas e Sábado prefiro o Jemantiaindrai.

Domingo é Dia do Senhor.
:)

6:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

1. Miss, vejo que a primeira metade da sua semana é muito mais instrutiva do que a segunda metade.
2. Demain o Ashram faz 2 anos.
3. Filipa, receio ser um nadinha mais velho; mas o que diz do LF e da grande mancha cinzenta é exactamente o que eu diria (sem tanto poder de síntese).
Mes hommages às duas!

O Jansenista

10:47 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

É bom recordar e concordar. Merci aux deux.
Cordialement,
Filipa

5:10 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker