terça-feira, janeiro 2

Food for life *

A avaliar pelo estado em que encontrei a gaiola, estou em condições de concluir que comecei o ano a salvar um ser vivo. Um hamster, está certo; mas um ser vivo.
* Post dedicado

7 Comments:

Blogger ergela said...

E os animais abandonados nestas épocas?

4:42 da tarde  
Blogger MissPearls said...

:)
Uma criança de 9 anos que apanhou um susto desgraçado: foi de férias e não lhe deixou comida.
:)

5:11 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Ele há um LP chamado "Food for Tought" dos 10cc ...

O Anonimo de Telheiras

5:23 da tarde  
Blogger Baducha said...

E para além dos alimentos há outras formas de dar vida e mais não é que a presença, carinho, disponibilidade e conversa. Juntando tudo isto teremos um animal cheio de energia e companheiro do dia-a-dia!
Fico arrepiada e angustiada quando em férias as pessoas teimam em abandonar os seus animais e durante o ano... é aquilo que se vê e se sabe!

7:50 da tarde  
Blogger MissPearls said...

E tb há FOOD FOR OIL
:)

Baducha
Acabei de dar comida a 4 quatro gatos aciganados. Habituaram-nos mal e agora é isto.Amanhã tenho que lhe levar água.

11:26 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Acabei de corar a pensar que tinha lido um post meu sobre o aborto... Por muito egocêntrica que possa parecer não resisto a partilhar a coincidência:

" (...) E a vida que existe no útero? E as ondas cerebrais que transmitem? Bull shit - também o vosso hamster emite ondas cerebrais e se alguma vez tiverem que optar entre o vosso bem-estar e o dele, tenho a certeza que não pensam duas vezes."

Ainda que seja um ser vivo, sim... Enfim, achei graça.

2:49 da manhã  
Blogger katraponga said...

Também a "Food for thought" dos UB40... ;)

9:07 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker